BUSCAR

30 de agosto de 2019

Domingos Reis fica ‘P da vida’ com promotor de Justiça que arquivou denúncia dele contra Nagib e Ribamar Carvalho




O vereador Domingos Reis fez um discurso ao estilo ‘P da vida’ contra o ato do promotor de Justiça, Carlos Augusto Soares, da 1ª promotoria de Justiça de Codó, que mandou arquivar a representação feita pelo parlamentar contra o prefeito Francisco Nagib, contra o procurador-geral do município Ribamar Carvalho e os sócios-proprietários das empresas LAUREA CONSTRUÇÕES LTDA e REVENDEDORA DE GAS BUTANO SAO JOSE LTDA.
Denunciou, via representação, que desde 2017, quando Nagib assumiu o Poder Executivo, já soma-se 55 contratos licitados no valor total de R$ 18.699.641,41 e protocolou junto ao Ministério Público por entender que o montante merecia, no mínimo, uma investigação sobre sua legalidade.
Na terça-feira, 27, Domingos Reis revelou que o promotor de Justiça não achou razões para abrir um inquérito civil (que depois é transformado em denúncia para a Justiça) para investigar o que ele havia denunciado, isso deixou o parlamentar bravo.
Domingos garantiu que recorreu aos superiores do promotor Carlos Augusto Soares.
“Nem leu a minha denúncia porque se ele tivesse lido ele não mandaria arquivar. Mas só que ele esquece que ele não é a última instância, todas as decisões tomadas em primeiro grau cabe recurso pro segundo grau e com a promotoria não é diferente, eu apresentei recurso para o Conselho Nacional das promotorias porque ele não se ateve com aquilo que eu denunciei, eu denunciei as  irregularidades e ele foi dizer – ah! a prefeitura deixou de colocar no portal isso e isso – totalmente alheio à minha denúncia”

Fonte: blog do Acélio

Nenhum comentário:

Postar um comentário