BUSCAR

25 de outubro de 2019

Jovem é morto a tiros dentro da própria casa em Coroatá, suspeito já foi preso

Um rapaz identificado como Mikael Ribeiro foi morto a tiros na manhã desta sexta-feira (25) no bairro Vila da Luz, na cidade de Coroatá.
A vítima estava deitada dentro de casa quando dois indivíduos chegaram em uma moto, arrombaram a porta e efetuaram três disparos contra Mikael, que não resistiu aos ferimentos morrendo ainda no local.
Para a imprensa, a polícia disse que o rapaz tinha diversas passagens pela delegacia por assalto, roubo e que também era usuário de drogas. Os investigadores acreditam que o crime tenha sido motivado por acerto de contas.

Com informações do Coroatá Online


SUSPEITO JÁ FOI PRESO

A Polícia Militar de Coroatá, através do 24º Batalhão da Polícia Militar, apresentou à imprensa na manhã desta sexta-feira, 25, Gean Pereira Póvoas, 22 anos, um dos três acusados da prática de um homicídio consumado no município de Coroatá. O acusado foi preso na casa dos pais com menos de 2 horas após matar, com dois tiros à queima roupa, Mikael Ribeiro da Silva, de 17 anos.
Segundo o comandante do 24ºBPM, Major Frans Michel, a ação teve início por volta das 08h30 de hoje, quando a guarnição da PM recebeu a informação que um jovem havia sido vítima de homicídio, quando dormia na residência dos pais. Ao tomar conhecimento do fato, os militares efetuaram diligências no bairro Vila Luz”, disse major.
Ainda no local, em conversa com populares, a equipe do Serviço de Inteligência localizou uma testemunha de iniciais D.W.F.S, que relatou a participação de Gean e, ainda, descrevendo detalhes do veículo utilizado. Logo o acusado foi preso em flagrante delito e confessou o crime informando, ainda, que jogou a arma no rio.
Segundo informações levantadas, a motivação para o crime teria sido a vingança da morte do irmão do acusado cuja autoria recaía sobre a vítima. A vítima tinha diversas passagens pela polícia pelos crimes de roubo, furto, arrombamento, tráfico de drogas.
O suspeito do homicídio e a motocicleta usada no crime foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil.
ASSECOM 24ºBPM

Nenhum comentário:

Postar um comentário