BUSCAR

2 de dezembro de 2019

Nunca envie uma mensagem com apenas “Sim” ou “Ok”


Com certeza, você já recebeu alguma mensagem com um simples “sim” ou “ok”, certo? (Ou, pior ainda, apenas “s” ou “k”) e pensou que a pessoa estava sendo seca, grossa, passiva-agressiva, desdenhosa, cínica ou estava brava.
É exatamente por esse motivo que você nunca deve responder uma mensagem assim.
Existe uma razão para interpretarmos os textos online da maneira como recebemos: fazemos um paralelo com a vida real.
Pessoalmente, quando queremos ser educados, fazemos um esforço para nos comunicarmos, geralmente usando mais palavras do que precisamos, conforme explica a linguista Gretchen McCulloch.
Por exemplo, pedimos “Senhor, você poderia por favor abrir a janela?” ao invés de simplesmente dizer “Abra a janela!”.
Pense no seguinte cenário: quando você diz “sim” na vida real, geralmente usa mais palavras, além de gestos, expressão facial e entonação para demonstrar sua intenção. Se você responder apenas “sim” secamente para uma pessoa, como se usasse um ponto final na frase, ela provavelmente interpretaria aquilo como pouco amigável, e acredite, estaria certa.
Online, podemos fazer o mesmo, utilizando táticas diferentes. Se você não quer parecer seco e não pode usar entonação, uma opção é colocar um ponto de exclamação na frase (sem exageros, é claro). Um “Sim!” já é bem melhor do que apenas “sim”. Compreendeu?
Outra tática é substituir palavras mais secas como “sim” e “ok” por “claro”, “pode deixar”, “com certeza” e variantes, de forma a parecer um pouco mais atencioso, e é melhor observar se não está sendo sarcástico, no entanto.
De modo geral, a linguagem virtual é algo novo e ainda estamos descobrindo como interpretá-la. Se você não pode usar emojis e pontos de exclamação para deixar sua intenção clara e ainda assim gostaria de parecer educado e atencioso, pense em como responderia àquela mensagem pessoalmente e tente escrever mais do que apenas “ok”.
Por Ademilson Ramos / via Alex Ramos

Nenhum comentário:

Postar um comentário