BUSCAR

25 de janeiro de 2020

Bandidagem volta a reinar em Codó e assusta população

A bandidagem voltou a reinar em Codó, codoenses voltaram a sair de casa com medo, os roubos e assaltos voltaram a ser constantes na cidade, as pessoas não têm mais tranquilidade nem dentro de casa e muito menos fora, a população apela para que as autoridades possam dar um jeito nessa bandidagem maldita que voltou a agir mais ousada que nunca.



DESEMPREGO: Aumenta número de codoenses que estão indo embora a procura de emprego


Em 2020, aumentou o número de codoenses que estão deixando a cidade para ir buscar uma oportunidade fora do Maranhão, não é de agora essa triste realidade que vem acontecendo em Codó, depois que a administração do prefeito Francisco Nagib entrou no comando da prefeitura, tudo ficou mais difícil, principalmente o tão sonhado emprego.

 Concentrando todo o dinheiro que circula na cidade em seu grupo, Nagib está sendo o prefeito que mais desemprega e o que menos emprega os codoenses, que sem saída, o único jeito é ir embora da cidade pra tentar conseguir o que não tem em Codó, 'emprego'. 

Uma lamentável e triste situação que vem passando os codoenses nesses últimos três anos de Governo Menos Avanço e Menos Conquistas.

24 de janeiro de 2020

INSEGURANÇA: Bandidos voltam a assaltar em plena luz do dia na passarela em Codó


Sem vigias e sem segurança nenhuma, os bandidos voltaram a aterrorizar as pessoas que passam pela passarela. Nossa redação foi informada que na tarde desta sexta-feira(24) bandidos assaltaram uma mulher que ia passando para sua residência, segundo informações, é que os bandidos ficam de tocaia esperando as pessoas passarem, quando elas sobem na ponte eles abordam.

Foi levado a bolsa da vítima com tudo dentro, não precisa mais nem ficar de noite para eles realizarem assaltos, estão assaltando na ousadia em plena luz do dia.

Antes a passarela tinha vigias, mas com a atual administração, os vigias foram botados pra rua e o local voltou a ser frequentado por bandidos.

ENTRA POLÍTICOS SAI POLÍTICOS E A PASSARELA CONTINUA DO MESMO JEITO 

Codó é cortada pelo Rio Itapecuru do qual é fonte de vida para muitos animais e para nossos codoenses fonte de renda.

Os moradores do Bairro São José (Trizidela) em Codó sofrem com o total descaso da passarela da qual usam constantemente as principais vias de acesso dos bairros São José, São Raimundo, São Vicente de Palloci, Vila Camilo I e II, incontáveis são os pontos com problemas. A passarela segue a anos sem nenhuma manutenção, iluminação ou segurança, e os moradores ficam reféns de bandidos sendo vítimas de assaltos e medo e sofrer acidentes. Há quem diga que políticos já fizeram promessas de sua reconstrução e melhoria mais não saiu da boca, como moradores mesmo falam “São apenas promessas, em época de eleição isso aumenta, mas no final das contas nada acontece”.




Vereadores aliados do prefeito planejam realizar sessão extraordinária para cassar mandato de Expedito Carneiro

A imagem pode conter: 1 pessoa

O repórter Genivaldo Silva, esteve na manhã desta sexta-feira(24), na rádio Eldorado, e no quadro 'Direto ao Assunto', explicou detalhes de uma possível sessão extraordinária que os vereadores da base do prefeito Francisco Nagib estão articulando antes da volta das férias para cassar o mandato de Expedito Carneiro. Clique no link e ouça detalhes no áudio.

23 de janeiro de 2020

A CONVITE DE DINO: Apresentador global Luciano Huck deverá vir novamente ao “fim do mundo”

Em dezembro de 2017, ocasião em que o apresentador da TV Globo Luciano Huck esteve visitando o estado do Maranhão, mais precisamente o município de Alcântara, um integrante de sua equipe de produção do programa ‘Caldeirão do Huck’ chamou o lugar de “fim do mundo”. O astro global tratou logo de amenizar a situação, dando um “corte” em seu funcionário, mas já era tarde…
Luciano tentou amenizar o que disse seu cinegrafista sobre o Maranhão (Reprodução)
…Um vídeo com áudio exibindo a situação constrangedora e discriminatória no litoral de Alcântara viralizou nas redes sociais e a fervura do caldeirão quase derrama sobre Luciano e toda equipe.
Agora em 2020, o governador Flávio Dino disse, em entrevista no estúdio UOL/Folha, que convidou Luciano Huck para visitar o Maranhão. Só que dessa vez, em vez de comunidades miseráveis instaladas no interior maranhense, o apresentador global deverá  conhecer o lado nobre do estado, a começar pelos luxuosos salões e corredores do Palácio dos Leões…

Cervejaria Ambev lança cerveja Magnífica em versão latinha





Nenhuma descrição de foto disponível.


Os amantes da cerveja mais maranhense acordaram nesta quarta (22) com uma nova notícia, a Cervejaria Ambev lançou seu novo sucesso, a versão da Cerveja Magnífica na versão latinha, de 269 ML.
Já há tempo os fãs da Magnífica esperavam esse lançamento, e hoje se realizou.
O anúncio foi feito pelas redes sociais, com um post dizendo: "Ó quem chegou pra fazer teu carnaval raiz de verdade."
Em contato com o Blog a Cerveja Magnífica do Maranhão informou que o novo lançamento de carnaval já pode ser encontrado nos supermercados Mateus do João e Paulo e da Curva do 90, em São Luís, mas que até o carnaval já vai estar em vários outros pontos.
Amantes da Magnífica, agora é só correr para os pontos de vendas e pular o carnaval com estilo!

Mulher sem mãos e pernas tem pedido de benefício negado pelo INSS por não poder assinar papel

Ex-sinaleira diz ter feito três pedidos no INSS, mas todos foram negados. Ela diz que precisa do benefício, pois a filha fica em casa para ajudá-la na alimentação e banho

Uma mulher sem mãos e pernas teve um pedido de benefício negado por não poder assinar os documentos oficiais que autorizam o pagamento do auxílio pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em Porto Velho.

Em entrevista ao Jornal de Rondônia 1ª Edição, a ex-sinaleira Cleomar Marques conta que entrou com três pedidos no INSS em 2019, mas todas as solicitações foram negadas. Uma delas porque Cleomar não poderia assinar os papéis.

“Uma servidora puxou os papéis e perguntou: ‘quem vai assinar? Você assina?’. Eu disse que não podia assinar, mas sim a minha filha ou minha mãe. A mulher então olhou e disse: ‘ah, então não vale’. Daí ela pegou, rasurou o papel e jogou fora”, afirma.

Mesmo com a negativa do INSS, Cleomar fez um novo requerimento para tentar um benefício assistencial à pessoa portadora de deficiência,que também foi indeferido por ela ter uma renda per capta familiar superior a 1/4 do salário mínimo, ou seja, uma média de R$ 238,50.

À Rede Amazônica, o INSS informou que a renda foi apurada com as informações do Cadastro Único (CadÚnico) para programas sociais do governo.

Em um terceiro requerimento, a ex-sinaleira teve a solicitação de benefício indeferida porque o INSS alegou “falta do período de carência”.

Cleomar diz que precisa do auxílio do INSS, pois não pode trabalhar e sua filha fica em casa para ajudá-la na alimentação e banho, por exemplo. Atualmente, mãe e filha dependem de doações para sobreviver.

“Olha, é um constrangimento para mim tudo isso. Eu trabalhava, tinha minha vida e agora sou dependente dos outros. É a minha filha, única que mora comigo, que faz tudo para mim”, desabafa.
Amputações dos membros

Cleomar trabalhava como sinaleira em uma das usinas de Porto Velho e, de uma hora pra outra, passou a sentir dores fortes no estômago. Ela foi várias vezes na emergência e o médico desconfiou de uma gastrite.

A mulher então fez um novo exame e o foi informada que seu problema poderia ser Helicobacter pylori, uma bactéria que aparece na mucosa do estômago. Em uma outra consulta o médico informou que o problema era na vesícula.

A dor continuou e, após idas e vindas na emergência, Cleomar pediu para ser internada no pronto socorro do Hospital João Paulo II.

Foi então que os médicos decidiram operar a paciente. Após a cirurgia, Cleomar entrou em coma, teve infecção generalizada e os membros foram necrosando. Quando acordou não tinha mais os membros inferiores e superiores.

“Quando eu acordei eu já estava assim [amputada]. Abriram tudo em mim, mas eu não vi nada. Só lembro de entrar na sala de cirurgia”, diz.

O que diz o INSS?

Segundo a assessoria de comunicação do INSS, foi solicitado ao instituto um auxílio-doença para Cleomar e este foi indeferido por falta de período de carência, no ano passado. Depois, um novo benefício foi solicitado, também sendo indeferido por apresentar renda per capita familiar superior a 1/4 do salário mínimo.

Ainda segundo o INSS, a renda da família foi apurada em razão das informações constantes do cadastro único para programas do governo federal.

O INSS informou ainda que atendeu pessoalmente a filha de Cleomar e foi informado que um novo requerimento poderia ser feito se houvesse alteração da composição do grupo e também da renda familiar junto ao Cadúnico.

Ainda segundo o instituto, Cleomar agora pode procurar o INSS, pois poderá solicitar o requerimento de um novo benefício.

Com Informações: https://mceara.com

Enquanto Dino sonha em ser presidente, única viatura da Polícia Militar de Santa Rita está caindo aos pedaços

Se não bastasse a falta de efetivo, a polícia militar de Santa Rita vive outro dilema que parece não ter solução, já que o problema é antigo. A única viatura existente no 4ª Cia se encontra totalmente sucateada, com anos de uso. 
Sem a mínima condição para circular, os policiais são obrigados a improvisar com uma motocicleta ou um carro emprestado pela prefeitura da cidade para realizar rondas ou atender as diferentes ocorrências em um município com quase 40 mil habitantes e cortado pela principal Rodovia Federal No Estado, a BR 135, onde o índice de violência é crescente.

As dificuldades enfrentadas pelos policiais são visíveis aos olhos da população, visto que o carro já foi flagrado sendo empurrado por várias vezes em plena via pública. Para piorar ainda mais, a viatura deixou de funcionar por falta de manutenção, ficando estacionada em frente a sede da guarnição, com os mais diversos problemas mecânicos entre eles, um dos pneus estourado. 
A Constituição Federal de 1988, no art. 144 revela que segurança pública é dever do estado e responsabilidade de todos. Mas em Santa Rita, esse direito está sendo violado.

Por Antonio Carlos

MERCOSUL: Novas placas não serão mais obrigatórias, diz Bolsonaro

1 - Não será exigido a troca de placas.
2 - As atuais valerão até o fim da vida útil do veículo.
3 - Placa nova apenas para carros novos ou em caso de furto ou dano.
4 - Não será mais necessário trocar de placas sempre que trocar de município.

Serão R$ 2 bilhões/ano de economia para o povo.



O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), afirmou nesta quarta-feira (22/01/2020) que não será mais exigida a placa Mercosul nos veículos em casos como trocas de município. As atuais valerão até o fim da vida útil do automóvel, informou o chefe do Planalto. O novo dispositivos seguirá necessário para carros novos ou após furtos ou danos.
A medida economizará R$ 2 bilhões ao ano para a sociedade, estimou Bolsonaro em série de posts no Twitter.



“Não será mais necessário trocar de placas sempre que trocar de município. As medidas adotadas significam R$ 2 bilhões/ano de economia para sociedade”, escreveu Bolsonaro.
A troca, que passaria a ser obrigatória a partir de 31 de janeiro, era prevista na Resolução 729/2018, ainda no governo do ex-presidente Michel Temer. De acordo com Bolsonaro, as placas custariam o dobro do preço das atuais e “seria um negócio bilionário para os fabricantes”.
Bolsonaro explicou que as primeiras tentativas para unificar os modelos de placas dos países do Mercosul iniciaram em 2010 durante o governo do petista Luiz Inácio Lula da Silva. A placa Mercosul, contudo, foi “efetivamente” criada em 2014, na gestão da ex-presidente Dilma Rousseff.
“O nosso governo visando não trazer prejuízo para os proprietários fez alterações na nova placa. Retiramos a exigência de chips e dispositivos refletivos, por exemplo”, completou. “Seria um negócio bilionário para os fabricantes de placas evitado por nós.” 
do Metrópoles

Comunista Flávio Dino diz que será candidato a presidente pelo PCdoB


O comunista Flávio Dino confirmou, nesta quinta(23), ao site Brasil247, que é candidato a presidente da República.
O líder do PCdoB reuniu-se segunda-feira com o governador gaúcho Eduardo Leite.
Ambos estiveram com FHC e tiraram fotografias juntos.
O comunista não disse, mas se articula para ter Leite como seu vice, mas Leite também estaria se articulando para ter Dino como seu vice.
Do NBO