BUSCAR

1 de agosto de 2019

Bolsonaro propõe encontro com Adélio Bispo. Ele quer provar que seu agressor não é maluco e sabe quem mandou matá-lo

O presidente Jair Bolsonaro voltou a insistir na sua convicção de que o ex-ativista do Psol, Adélio Bispo, que tentou matá-lo no ano passado, não é maluco coisa nenhuma.
Ele é apenas um assassino frio, sanguinário e ideologicamente comprometido com a esquerda.]
No post abaixo , Bolsonaro propõe-se falar com Bispo na cadeia de segurança máxima onde ele se encontra.
O presidente está convencido de que a declaração de maluquição não passa de armação.
De acordo com o jornalista Políbio BragaBolsonaro também fala em “comparsas”, coisa que até agora a Polícia Federal parece não ter constatado, embora até as pedras das ruas considerem que ele foi cobra mandada.
Pelo menos uma linha de investigação esbarrou na decisão do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que se negou a quebrar o sigilo de visitas de Adélio a pelo menos um gabinete de deputado federal, poucos dias antes do atentado de Juiz de Fora.
Do NBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário