BUSCAR

6 de agosto de 2019

“Tenho preconceito com governador ladrão”, diz Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a garantir, nesta segunda-feira 5, que não vai negar recursos aos estados do Nordeste. Fez a ressalva, porém, que a destinação passará a ser diretamente para as prefeituras municipais, caso os governadores escondam da população que origem do dinheiro para obras e serviços são de sua gestão no Palácio do Planalto.

“O que eu quero desses respectivos governadores: não vou negar nada para esses estados, mas se eles quiserem realmente que isso tudo seja atendido, eles vão ter que falar que estão trabalhando com o presidente Jair Bolsonaro. Caso contrário, eu não vou ter conversas com eles, vamos divulgar obras junto a prefeituras”, disse, após a inauguração de uma usina de energia que usa painéis solares instalados sobre as águas do Rio São Francisco, em Sobradinho (BA).

Bolsonaro comentou também sobre a polêmica da baixa liberação de empréstimos ao Nordeste. Segundo o presidente, a região tem recebido recursos abundantes, e que ele não tem preconceito com os estados, mas, sim, com “governador ladrão”.

“Não estou aqui com colegas nordestinos para fazer média. Não existe essa história de preconceito. Agora, eu tenho preconceito com governador ladrão que não faz nada para o seu estado”, disse.

Há duas semanas, ao justificar o uso do termo “paraíba” numa fala de bastidor com o ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Bolsonaro apontou o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), como um dos governadores do Nordeste que, embora críticos ferrenhos de sua gestão, vêm recebendo recursos do governo federal, mas omitido a origem, se apropriando das obras.

“Vivem me esculhambando. Obras federais vão para lá. Dizem que é deles. Não são deles, é do povo”, declarou.

Com Informações: Com informações do Portal Lima Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário