BUSCAR

13 de outubro de 2019

Investigadores trabalham com 3 suspeitos da morte do idoso em Codó

A imagem pode conter: 1 pessoa, óculos de sol, close-up e atividades ao ar livre

Ouvindo há pouco a Polícia Militar e a Civil a respeito da morte do idoso, Raimundo Campelo Santos, de 78 anos, descoberta na manhã deste domingo, 13, na Av. Dr. José Anselmo, 1168, constatamos como os investigadores estão direcionando o trabalho de elucidação do crime que chocou a cidade.
Inicialmente, segundo um sargento da PM, dois eram os suspeitos prioritários por já terem passado na área, mas acabou-se descobrindo que um deles está preso e o outro viajando para Goiás há muito tempo, ou seja, tiveram que ser descartados.
“Nós tínhamos dois suspeitos, um era aquele Neto Cabeção, que tá preso, e o outro é um tal de Alberdan, esse Alberdan a informação que a gente tem é que ele tá pra Caldas (Novas) tem um tempão, então estes dois tão fora, no início eles eram os principais suspeitos porque já tinham passado por lá, entendeu?”, relatou sargento Layres.
As suspeitas agora estão caindo sobre mais 3 suspeitos. Pode proceder o faro policial uma vez que os três, que costumam ser vistos no centro de Codó, sumiram da cidade neste domingo.
“E agora tanto a Militar quanto a Civil, a gente tá trabalhando com 3 nomes, quem sabe um deles lá, no confronto direto, pode falar alguma coisa, estamos no encalce destes 3 indivíduos que, realmente, sumiram”, disse
Com informações do blog do Acélio

Nenhum comentário:

Postar um comentário