BUSCAR

26 de novembro de 2019

STF é o maior responsável por manchar a imagem do Brasil lá fora




Uma das piores consequências da guerra que o Supremo Tribunal Federal declarou a favor da impunidade e contra os esforços da Justiça, do Ministério Público e de órgãos de fiscalização federais no combate à corrupção é sujar o nome do Brasil no exterior. Isso mesmo: quem está mais avacalhando, hoje, a imagem brasileira no mundo não são, como de hábito, as quadrilhas de criminosos, a corrupção nas polícias ou a venalidade fora de controle das autoridades públicas.
Nada disso: é ninguém menos do que a mais alta Corte de Justiça do país, por meio da ação dos seis ministros que compõem a sua facção pró-crime. A proibição de permitir a prisão de criminosos condenados em segunda instância foi apenas o último ato público de apoio à impunidade que cometeram. Sua fama já está sendo construída há meses.
As decisões sistematicamente a favor dos corruptos e da corrupção tomadas pela maioria dos ministros, com a abertura por atacado das portas da cadeia para ladrões do erário e outros bandidos, vem sendo observada – e anotada – por organizações internacionais de primeira linha que avaliam o grau de civilização legal dos países. Com informações do Metrópoles


Nenhum comentário:

Postar um comentário