BUSCAR

25 de novembro de 2019

Universitário casou pela manhã e morreu de infarto durante comemoração do título do Flamengo

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo

O que seria um dia de alegria para a família do estudante universitário Bruno Rodrigues Feitosa, de 23 anos, transformou-se em tristeza e comoveu Marabá, no Sudeste paraense.

O jovem havia se casado pela manhã, durante um casamento comunitário de 550 casais, realizado no Centro de Eventos da Igreja Assembleia de Deus, no município, e sofreu um infarto enquanto comemorava o segundo gol do time de coração.

Bruno e a esposa, Ana Carolina Fernandes, estavam acompanhando a transmissão da final da Taça Libertadores da América entre Flamengo e River Plate, na Praça São Félix de Valois, na Marabá Pioneira, onde foram disponibilizados telões. Dezenas de torcedores se concentravam no local.

O universitário, que ainda usava a camisa do casamento, sentiu-se mal no momento em que o time confirmava a vitória por 2 a 1 contra o River Plate e garantia o título.

Nesse momento, muitas pessoas que estavam na praça tentaram ajudá-lo abanando com bandeiras e o som foi interrompido. Uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionada e tentou reanimá-lo, mas o jovem não resistiu e veio a óbito ainda no local.

Bruno Rodrigues Feitosa cursava Letras na Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) e deixa esposa e uma filha pequena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário