BUSCAR

1 de dezembro de 2019

BOMBA, BOMBA E BOMBA....


A imagem pode conter: mesa, tela e telefone


Um grupo de peritos da Polícia Federal encontrou duas falhas no sistema da urna eletrônica. Segundo o TSE, as falhas são superficiais e não alteram a segurança das eleições.

O Secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino, disse à GloboNews que a perícia conseguiu usar dados de eleitores e de candidatos para quebrar uma barreira de segurança. Ele explicou que, com isso, foi possível mudar palavras nas urnas, mas não os nomes de candidatos nem de eleitores.

"Encontraram fragilidades, mas não existe nenhum risco. Mesmo assim, vamos trabalhar para corrigir esses pontos e fortalecer a segurança da urna" , disse. Com informações do Antagonista

Nenhum comentário:

Postar um comentário