BUSCAR

24 de março de 2020

Garotos maranhenses com sonho no futebol abandonados em São Paulo após clube fechar por conta do coronavírus


Um grupo de jovens maranhenses que buscam o sonho de se tornarem jogadores de futebol profissional passa por grande dificuldade neste momento. Os garotos que estavam em atividades na categoria sub-23 do Andradina Sport Club ficaram na rua, sem recursos e sem ter como voltar pra casa quando o clube fechou as portas e paralisou todas as atividades em função da pandemia do coronavírus.

O clube e o empresário que levou os garotos para São Paulo não deram qualquer solução de estadia até que os garotos consigam um voo para retornar a São Luís. O voo que eles esperavam no domingo (22) foi cancelado. Em Congonhas, como em todos os aeroportos do brasil, voos estão sendo cancelados e reagendados de qualquer maneira ou até sem data para realocar os passageiros. A previsão de um novo voo para os garotos é somente na terça-feira da próxima semana (31), sendo que em muitos casos, até nos reagendamentos as companhias aéreas estão deixando os passageiros na mão.

Os garotos conseguiram juntos o dinheiro que tinham para ficar em um hotel, mas não terão recursos para uma semana na capital paulista.

Estão nesta situação, Ronilson Carvalho Santos, 20 anos, Joaelyson Amorim, 19 anos, John Silva, 19 anos, Ruan Victor, 18 anos, Rodrigo Pinheiro, 20 anos, Marcos Adriana, 19 anos, e um adolescente de 17 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário